pub-9301201605593009
 
toplobaVIP-Cissa Soares.jpg

Cissa Soares, é uma mulher bem tranquila, porém, de personalidade muito forte. É de uma família grande e muito unida de Belo Horizonte/MG. Muito positiva e e intuitiva, ela é persistente em tudo que faz. Tão exigente consigo mesma, que chega a ser perfeccionista. Mas com as pessoas, é emotiva e de bom coração. Ela se define como batalhadora, e quando a questão é trabalho, veste a camisa para valer. Procura sempre estar em constante aprendizado em busca de autoconhecimento. É muito dedicada aos seus projetos e estudos.

Nesta entrevista exclusiva para a Revista Top Loba Vip, conheça um pouco mais a história desta mulher empoderada!

Fotógrafo: Daniel Reis | Looks: A Menina do Vestido

Entrevista com Cissa Soares

Como você estava se sentindo, quando conheceu o Movimento Top Loba?

Nossa!!!! Eu estava muito desanimada com tudo, minha autoestima estava muito baixa, eu digo sempre que eu estava no zero, sem ânimo pra fazer nada, me sentia feia e nada pra mim estava bom.

030.jpg

Qual foi a maior superação que você teve na vida?

 

Quando eu fiquei doente em 2019, minha glicose chegou a 631 e foi quando descobri que estava com um tipo de diabetes que se chama Lada. Foram momentos difíceis que passei, decorrente a diabetes; o momento mais difícil foi quando eu perdi a visão, meu cabelo caiu, eu tive anemia por duas vezes, estava com déficit zero de vitamina D. Eu chegue a 45Kg, eu vestia 35, estava comprando roupas na sessão de criança. Fiquei pele, osso e um coração batendo. Mas quem acredita e tem fé, pra Deus nada é impossível. Hoje estou curada e tenho uma saúde perfeita. 

E como foi que você se recuperou?

Então, eu mudei minha forma de vida, que era muito desorganizada, eu não me alimentava direito, estresse elevado, eu era sedentária, quando eu recebi a notícia que estava diabética, um tipo de diabetes que aparece  na fase adulta, comecei um tratamento com endocrinologista e ela me passou pra tomar insulina humana NPH, tomei por vinte dias, cortei carboidratos e açúcar, mudei minha forma de vida, comecei a fazer exercícios, mas isso que me aconteceu foi um milagre, porque em vinte dias, minha glicose voltou o normal, e minha endocrinologista até me contestou dizendo que eu tinha que continuar tomando, porque meu pâncreas não estava produzindo insulina, e quando eu repeti os exames, deu tudo normal. Hoje eu me policio muito, mas vivo uma vida normal. Quase entrei em coma pelo  valor da glicose tão alta, eu não sentia nada, apenas câimbra na panturrilha. Renasci, hoje sou uma nova mulher. Deus é maravilhoso!

132 (1).jpg

Quais as mudanças que o Clube Top Loba te proporcionou?

Tudo mudou quando me tornei uma Top Loba, Quando eu me deparei com mulheres empoderadas e com superação em todos os sentidos, senti que eu poderia ser melhor a cada dia. O clube me proporcionou a oportunidade de ser capa de uma revista duas vezes, me ensinou a ser uma mulher de valor, me ensinou que nunca devemos deixar de fazer nada em função de pessoas que nunca foram nada, pessoas querem nos desmotivar. Hoje sou muito mais feliz, de bem com a vida.

055.JPG

Como você consegue manter sua autoestima elevada?

 

É sempre um desafio a cada dia, eu sou muito vaidosa, gosto de estar sempre bem arrumada, maquiada e com cabelo impecável. Eu me cuido muito, tanto com corpo, quanto com minha mente. Nunca deixo o baixo astral me atingir, sempre estou de bem com a vida, mesmo quando estou passando por uma situação difícil. Ter uma autoestima elevada, é se amar a cada dia, se valorizar todos os dias.

IMG_20210128_171021_441.jpg

Qual o conselho você daria para mulheres deprimidas?

O conselho que daria, é que elas têm que reagir, levantar e erguer a cabeça, sacudir a poeira e ir a luta, sei que é difícil mas não é impossível, mas quando se tem força de vontade e fé, podemos vencer qualquer situação e superar todas elas, por mais difícil que elas sejam. Olhar pra dentro de nós e enxergar  uma mulher que precisa se amar cada dia mais.

003.JPG

Você se considera uma mulher empoderada? Por que?

 

Sim com certeza, sou uma mulher que é aquela que se lhe liberta das formas sociais e que ousa ser aquilo que quiser. Que se vê  e coloca diante da sociedade como um sujeito histórico, que tem voz ativa. Eu sou uma mulher que reconhece como ser humano em contínuo trabalho de transformação e que, ao transformar- se, transforma o mundo.

017.jpg

Quais são seus planos para o futuro?

 

Meus planos para o futuro são: montar minha clínica de estética e  poder atuar na minha área. Aprimorar mais meus conhecimentos, fazer uma viagem para Istambul, para fazer um curso que eu já venho planejando e continuar fazendo trabalhos como modelo fotográfico.

115.JPG

O que você acha que ainda deve aprender e melhorar? 

 

A vida é um constante aprendizado, eu tenho que aprender a ser mais paciente e menos ansiosa. Acho que aprender, é valorizar os pequenos detalhes da vida e valorizar mais as coisas, ser solidário e ajudar quem mais necessita da nossa ajuda. Melhorar meu desenvolvimento pessoal, é atividade constante. Eu quero investir em mim mesma, me capacitar. Aprender a lidar com diversas situações, porque está ligado diretamente com uma qualidade de vida, aumentando as minhas capacidades individuais e a realização de metas pessoais e profissionais.

125 (1).JPG

Como você gostaria de ser reconhecida?

 

O reconhecimento é sinônimo de pro-atividade. Eu quero ser reconhecida como uma pessoa solidária, como uma mulher que superou todas as dificuldades, que sempre lutou por uma vida melhor, e também quero ser reconhecida como modelo fotográfico. 

Leia o artigo "O Poder do Pensamento" com Fabiana Weiss

IMG-8377.JPG

Leia nossa revista mensal com colunas especiais!

É só clicar na capa

Cris Vilhena.jpg