Cores e estampas – saiba usar

Você já reparou que determinadas cores caem melhor em você do que outras? Algumas ficam tão bem que até mudam seu astral. E não é por acaso! Existem estudos que explicam por que isso ocorre e quem faz esse tipo de estudo são as consultoras de imagem.

As cores desempenham um papel importante na sua imagem, podendo valorizar ou sabotar sua aparência. Dependendo da cor, você pode ter aparência mais nova, mais velha, mais descansada, mais abatida, sem manchas, com manchas, sem rugas, com rugas e por aí vai.

Hoje vamos conversar um pouco desse mundo real e fascinante.

Quando fazemos a análise de coloração pessoal de uma cliente, precisamos estudar o contraste existente entre cabelo, pele e olhos. Existe uma maneira bem fácil de vocês mesmas fazerem isso. Tirem uma foto em preto e branco. Com esse recurso vocês vão perceber se tem baixo, médio ou alto contraste pessoal.

Agora que você já tirou a foto, me responda: Qual é o seu contraste pessoal?

Baixo contraste (pele e cabelos são muito claros ou muito escuros, não havendo contraste, inclusive com a cor dos olhos) – as cores e estampas devem ser igualmente baixas. Tons pastéis e estampas que tenham cores próximas são as mais indicadas porque, naturalmente já transmite suavidade na sua coloração.
Se você é branquinha, aposte em tons claros, como lavanda, nude, azul claro. Se é
morena, escolha cores como nude, marrom, bege, laranja.

Imagine se essa pessoa aparecesse na sua frente com um look de cores bem fortes como amarelo e preto. O que aconteceria? A estampa iria chamar muito mais a atenção do que a pessoa em si, deixando-a totalmente ofuscada.

Médio contraste – cabelos, olhos e sobrancelhas com coloração mais escura, permitindo o uso de cores com mais intensidade entre elas. Dica: procure misturar diferentes tons de uma mesma cor.

Thaís Araújo: médio contraste na pele e na estampa do vestido

Alto contraste (pele mais clara e cabelos e olhos mais escuros ou pele negra e cabelos loiros) – o ideal é que essas pessoas repitam esse contraste natural nas roupas, seja na combinação de cores ou mesmo em estampas contrastantes.

Beyoncé - alto contraste

Repetir o contraste pessoal nas roupas não tem erro: é super bonito, harmônico e elegante.

Estampa é um tema que gera dúvidas e/ou erros muito grosseiros. Algumas pessoas não gostam por não saberem usar e outras usam demais sem pensar nos detalhes e por vezes acabam se sabotando.

Portanto, observe:

Se o tamanho da estampa está de acordo com o seu tamanho. Pessoas pequenas ficam melhores com estampas pequenas e pessoas grandes, com estampas grandes.
 

Qual é o efeito que ela imprime no seu corpo: amplia ou diminui as suas formas?
 

Qual parte do corpo ela evidencia? É a parte do seu corpo que você gosta?
Ela representa o seu estilo? Está de acordo com a sua idade?

Tudo isso são detalhes que devemos levar em conta antes de apostar nas estampas porque a nossa roupa fala por nós, portanto comunicam algo. Elas podem ajudar a compor um visual atraente, mas com muita descontração ou até mesmo dar um toque de seriedade caso seja
essa a intenção.

Aprenda:

1. Estampa floral: para mulheres mais delicadas, pois tem um visual leve e de fácil
comunicação.
2. Estampas em listras: para mulheres mais tradicionais e elegantes, pois são mais
clássicas.
3. Estampas com desenhos geométricos: para mulheres mais arrojadas e modernas.
4. Estampas com linhas laterais: para mulheres que querem aumentar ou diminuir as
linhas corporais.

Não use estampa só pela beleza da peça, reflita se ela combina com você.

Veronica Scavone
Consultoria de Moda e Imagem
Agosto/2020