pub-9301201605593009
 
Cris Vilhena.jpg
IMG-7731.JPG

Fotos: @aires_fotografia

Cabelo e maquiagem: @marciohair2708

Making off: @pcmelo.ce

 

 

Tereza Cristina Vilhena Duarte, mais conhecida como Cristina Vilhena ou Cris Du. Carioca, mas vive em Brasília desde 1978. Tem 60 anos e é professora aposentada desde 2014; atuou na área administrativa da SEEDF, com Direito Administrativo desde 1999.

 

Adora ler livros, desenhar, assistir séries, sair com as amigas, dançar e tomar um bom vinho, reunir amigos em sua varanda, ao som de músicas e de  muitas risadas. Ama viajar, fotografia, artesanato... e como uma boa carioca, adora o sol, mar, praia e um chopp gelado.

Cristina é uma mulher que, ao conhecê-la melhor, você pensa em um famoso ditado: nunca julgue um livro pela capa". Conheçam agora esta mulher extraordinária nesta entrevista exclusiva, e na Coluna Guerreira de Fé. Vocês vão se surpreender!

ENTREVISTA EXCLUSIVA

cris 262.jpg

Você já deixou algum sonho para trás?

 

Na adolescência eu desejava ser estilista de moda, mas teria que estudar à noite, no centro do Rio de Janeiro e meus pais não deixaram. Eu costurava, à mão, modelos glamourosos para a boneca Suzy. Outros sonhos que não levei adiante, na verdade fui adaptando e posso dizer que realizei todos eles.

cris 119.jpg

Você se arrepende de algo na sua vida?

 

Não chamo de arrependimento, considerando que tudo que vivi resultou de aprendizados. Escolhas erradas ou certas, circunstâncias, seja lá o que for que fiz, sei que dei o meu melhor naquele momento com a maturidade que tinha. Talvez fizesse uma ou outra coisa diferente, mas foram minhas escolhas que me tornaram quem sou. Fui moldada para ser guerreira, para lutar, para ser forte. Às vezes me imagino frágil, mas daí descubro que não daria certo. Costumo dizer que "tenho que ser o meu próprio herói ".

cris 112.jpg

Qual foi a sua maior superação ou a maior conquista?

 

Sou filha única de um casal de deficientes auditivos, com pouca instrução, contudo, com um grande potencial artístico (ambos desenhavam muito bem) e, desde pequena, tive a responsabilidade “de ser os ouvidos de meus pais”.  Assim, cuidei deles até que falecessem. Aos 19 anos engravidei sendo solteira, ainda fazendo faculdade. Me formei, prestei concurso público e fui trabalhar para sustentar a mim e ao meu filho. Enfrentei muitos  preconceitos por ser mãe solteira, fui assediada, mas nunca perdi minha dignidade. Casei-me aos 27 anos, sofri violência doméstica e superei uma separação traumática. Aos 42 anos, casei-me pela segunda vez e, quando eu pensava que tudo era um mar de rosas em minha vida, meu marido foi acometido por um enfarto fulminante e  fiquei viúva. Outro desafio que tive foi me reinventar após a aposentadoria.

Minha maior conquista foi ter criado meu filho sozinha, ele é um homem de bem, profissional exemplar, bom marido e um pai amoroso. Minha maior conquista é saber que sou capaz de tudo!!!! Sou uma fênix,  quando menos se espera, eu renasço das cinzas.

(Todos os detalhes estão na Coluna Guerreira de Fé, clique aqui para ler)

cris 204.jpg

Quais são seus cuidados de beleza? O que você faz para manter a autoestima em dia?

 

Como carioca, sempre gostei de sol e na juventude, não tinha esses cuidados com a pele. Meus cuidados com o rosto são limpeza de pele e no uso diário, lavo o rosto ou com Gel de Limpeza Effaclar da La Roche-Posay ou com Normaderm Phytosolution da Vichy, depois aplico a vitamina C Liftactiv AOX Concentrate da Vichy e depois uso filtro Solar Expertise antirrugas fator 30 da L’Oreal de Paris. E para hidratar, Eau Thermale da La Roche-Posay. Tenho sempre os lenços de limpeza demaquilantes da Nívea ou Neutrogena. Nunca durmo com maquiagem. O único procedimento no rosto que fiz foi um micro agulhamento para ativar o colágeno. Uso pouca maquiagem, amo cuidar do meu cabelo. Amo muito olhar no espelho e me achar bonita. Cuidar de mim, faz com que eu mantenha minha autoestima elevada. Para isso, procuro ter uma alimentação balanceada e tenho personal trainer para me ajudar com os exercícios físicos e cuidar do corpo. Estar em paz comigo é fundamental.

cris 310.jpg

Como você conheceu o Movimento Top Loba e por que decidiu fazer parte?

 

Conheci o Movimento Top Loba no Instagram, entrei em contato com a Angel e me senti motivada, daí resolvi comprar a camiseta. Decidi fazer parte do Movimento porque me conscientizei acerca do grande número de mulheres que viveram momentos delicados e que o apoio e o acolhimento fazem a diferença na vida das pessoas.

IMG-7707.JPG

Quais foram os benefícios e mudanças que o Clube Top Loba trouxe para sua vida?

 

Eu entrei para o Movimento Top Loba bem no início da pandemia, em meados de março e isso fez uma diferença incrível!!!!! Os benefícios são inúmeros. Aprendi a tirar fotos sozinha com um olhar mais profissional, criar cenários e poses com as dicas e desafios lançados pela Angel, tutoriais de maquiagens, campanhas de conscientização e de valorização da mulher, empoderamento feminino, mostrar uma imagem de qualidade e com conteúdo. Passei a me sentir mais confiante, mais bonita e mais criativa. Hoje sou Top Loba com orgulho e sou reconhecida por isso. Faço parte de uma Alcatéia com histórias belíssimas de superação onde a troca de experiências, ainda que com pessoas que você não conhece, é enriquecedora. São histórias de todos os tipos, mas sempre estamos conectadas umas às outras. Cada uma passou por uma situação do seu jeito, ainda que as histórias sejam parecidas. Sou muito grata por ter entrado para o Movimento Top Loba e por todas essas mulheres/amigas fazerem parte da minha vida.

IMG-7158.JPG

Encontro com as Top Lobas de Brasília, Goiás e Rio de Janeiro

Qual conselho você daria para mulheres que se anularam e hoje estão insatisfeitas consigo mesmas?

 

Meu conselho é, em primeiro lugar, que a pessoa se aceite como é. Quando nos amamos como somos, de verdade, sem comparação com outras pessoas, nossa autoestima aumenta. Porque cada pessoa é única! Você só pode amar qualquer outra pessoa quando se ama primeiro. Como fazer para se gostar? A questão não é se gostar só na imagem, é por dentro também. É conhecer-se, saber do que se é capaz. Estude, leia, aprenda algo novo, diferente. Isso te traz mais argumentos na hora de falar. Você se empodera. Exercite-se. Cuide do seu corpo, de sua saúde. Faça tudo para não depender de outra pessoa, seja física, emocional ou financeiramente. Tenha bom humor, sorria!!!! Seja uma pessoa que traz leveza à vida dos outros, faça o que você pode, não carregue o peso dos problemas dos outros. Às vezes queremos resolver tudo para os outros, mas você não precisa se sobrecarregar com o que não lhe pertence. Faça o que lhe agrada, o que te traz contentamento. Aprenda a dizer não. Acredite em você e, a qualquer tempo, faça mudanças. Respeite seus limites.

cris 160 (1).jpg

Qual seu maior desejo daqui por diante?

 

Meu maior desejo é ser reconhecida como modelo madura, fazer fotos de roupas, acessórios, moda íntima, esportiva, mostrando que a mulher de 60 anos é jovem e ativa. Na pandemia, uma das minhas atividades foi costurar. Fiz máscaras, sacolas, toucas para secar cabelo e capas de suplá. Pretendo voltar a estudar, e reaprender a dominar o inglês, pois hoje há muita demanda e, quem sabe, escrever um e-book?

cris 208.jpg

Escreva uma frase que te representa hoje.

 

“Não tento calçar os sapatos que não são meus pois não sou nenhuma das irmãs da Cinderela querendo ficar com o Príncipe Encantado”, ou seja, não force estar em nenhum lugar que não lhe cabe. Tudo forçado dá errado, não é para ser.

 

Gostaria de fazer um agradecimento especial a Angel Mancio pelo convite carinhoso para que eu fosse capa da Revista Top Loba Digital, pois é com grande emoção que participo. Tudo foi feito com muito carinho desde o início com uma equipe que só abrilhantou o trabalho para a revista.

"Agradeço de coração Cris, estou encantada com você, com seu otimismo e resiliência e com sua história incrível da Coluna Guerreira de FéAngel"