Olá pessoal, tudo bem?


Meu nome é Hosana Merim, tenho 50 anos e sou Funcionária Pública.


Fui casada durante 15 anos e desse casamento foi gerada uma filha linda chamada Lara, que hoje tem 21 anos e cursa Medicina Veterinária. No inicio do relacionamento foi muito bom, mas após algum tempo, passou a ser um casamento com muitas brigas, ciúmes e ofensas,  causando grandes tristezas e sofrimento para ambas as partes. Toda essa situação me levou a um quadro de depressão e desgosto pela vida. Eu já não sorria mais, vivia chorando e assim passei a não ter mais prazer em me arrumar e até mesmo em sair de casa.


Passei a me dedicar apenas para minha filha, casa e trabalho. O tempo foi passando e diante desse quadro, despertei a atenção de uma vizinha que começou a se aproximar de mim com o
desejo de me ajudar de alguma forma, pois eu não tinha ninguém da família morando na minha cidade.

Essa senhora me acolheu como uma filha e começou a cuidar de mim com muito amor e carinho. Eu sentia que aquela era a oportunidade de mudar toda aquela situação. Passamos a conversar muito sobre o que eu estava passando, era uma forma de desabafar e assim pensar melhor em mudar toda minha história.

 

Essa minha vizinha era Budista e me falou sobre a religião e me ensinou como praticar e transformar todo aquele sofrimento que eu estava passando em minha vida. Assim comecei a orar muito para poder compreender tudo que estava acontecendo, e assim, obter sabedoria e coragem para realizar a transformação necessária em minha vida.

 

Meu primeiro passo foi encontrar um bom médico para tratar minha depressão e o transtorno da ansiedade, pois não estava mais conseguindo lidar com esses problemas. Ao passar alguns dias, dei início ao tratamento e também a sessões de Terapia, a pedido do médico. Os resultados foram aparecendo com o passar do tempo e já sentia melhora.

 

Após a minha recuperação, comecei a planejar uma nova vida, me dediquei ainda mais no meu trabalho para conseguir uma condição financeira melhor, pois assim poderia sair daquele casamento e ser feliz. Eu precisava ter um bom salário para poder recomeçar uma nova vida junto com minha filha.

 

Então se passaram alguns anos até que pedi a separação, pois já não vivíamos mais como um casal. A princípio foi um choque pra ele, pois jamais imaginava que eu iria ter coragem de deixar a casa e todo o conforto pra trás e ter uma vida simples. Houve algumas ameaças da parte dele, pois não queria que eu partisse com a nossa filha.

 

Houve muitas conversas com os advogados até que eu sai de casa apenas com minhas roupas e nossa filha e recomecei uma nova vida. Fui morar com minha irmã até que tudo fosse resolvido judicialmente. Após seis meses, consegui comprar um apartamento e ir morar sozinha com minha filha. Voltei aos estudos. Em 2013 consegui realizar o sonho de fazer um curso superior e assim consegui. Em 2013 já estava formada, que felicidade!


Nesse mesmo ano tive a boa sorte de reencontrar uma amiga que comentou comigo sobre um site de relacionamento, confesso que fiquei com medo, pois nunca me imaginei utilizando esse tipo de coisa para encontrar um namorado. A princípio resisti, mas acabei tendo coragem e comecei a utilizar, fiz muitas amizades com outras mulheres e alguns homens, afinal era um site onde várias pessoas entravam a princípio para criar novos amigos e com isso alguns acabavam achando seus parceiros.

Assim conheci meu atual marido e após 06 meses já estávamos casados. Nunca imaginei que iria passar por tudo isso em minha vida. Olho pra traz e vejo o quanto foi importante ter uma Religião, pois precisamos ter um direcionamento para nos fortalecer, para jamais desistirmos diante das dificuldades e obstáculos que surgem em nossa vida.


O apoio da família nessa hora também é de suma importância, meus pais, minha irmã e irmãos

sempre estiveram ao meu lado me apoiando e me incentivando a jamais desistir. Minha filha, mesmo tão pequena e com apenas cinco anos na época, sempre esteve ao meu lado me incentivando, com sorriso e com muito amor.

 

Tudo isso fez uma enorme diferença em minha vida. Hoje consigo entender que tudo isso que aconteceu em minha vida foi uma enorme oportunidade de transformá-la e assim realizar minha revolução humana.

 

Algumas pessoas podem estar se perguntando "como assim"?

 

Então, lembra quando eu falei do Budismo? Compreendi que pra sermos pessoas felizes, precisamos realizar nossa própria revolução humana, ser pessoas melhores. Nossa felicidade não depende do outro, a nossa felicidade é responsabilidade nossa e de mais ninguém. A felicidade não se encontrar em alguma coisa ou lugar, a felicidade encontra-se dentro de nós mesmos.

 

Hoje eu tenho uma condição financeira muito boa, onde consigo proporcionar pra minha filha seus estudos, consigo cuidar do meu pai, que hoje está com 90 anos e com perfeita saúde e tenho ao meu lado o meu amor, o Gilberto que veio de uma forma nova, mais completa.


Hoje, eu junto com meu esposo, construímos um relacionamento com muita cumplicidade, confiança, e amor. E posso dizer que sou feliz, perdoei meu ex marido, temos um bom relacionamento, nos falamos sempre que necessário. Limpei meu coração de toda mágoa e rancor, pois sabemos que nada disso faz bem pra saúde.

Gostaria de encerrar com um trecho de um livro que trago comigo....


“A história é criada pelas pessoas. Cada um de vocês é o protagonista dessa empreitada. Não dependa dos outros. Encene a sua própria e eletrizante peça no palco da criatividade! Levante-se resolutamente! Rompa a concha do seu “eu” menor! Uma nova era é aberta, assumindo-se novos desafios.”
(NRH, v.15 – Capítulo Universidade Soka,p.134)