Coluna Loba Saudável

com Mahyra Mota - Fisioterapeuta

Enxaqueca e a Idade da Loba

A Enxaqueca é uma dor de cabeça, por vezes incapacitante, que causa sofrimento físico e psíquico, na qual ocorre constrição e dilatação de vasos sanguíneos da cabeça, gerando dor aguda, intensa e pulsátil no meio do crânio por muitas vezes prolongada. Pode vir acompanhada de problemas digestivos (náuseas e vômitos) e sensoriais (intolerância à luz e/ou som).


Como é minha área de atuação, vou falar um pouco da minha experiência clínica. Na Medicina Chinesa, o órgão responsável por distribuir sangue de forma harmônica para todo o corpo é o Fígado. Portanto, dada à definição de Enxaqueca acima, problemas da circulação sanguínea na cabeça acusam o Fígado como causador desta patologia. E se o mesmo não for a causa, fatalmente será a consequência.


A enxaqueca pode atingir adultos e crianças de ambos os sexos. Dados mostram que dos 20% da população mundial que tem a doença, 6% são homens e 14% são mulheres. Alguns números mostram que a incidência é 3-4 vezes maior na mulheres que nos homens. Em crianças até 12 anos, a incidência de enxaqueca é igual para meninos e meninas. E pasmem, os sintomas da enxaqueca são mais frequentes em pacientes abaixo dos 40 anos de idade, sendo que a incidência maior ocorre entre os 30-39 anos. Outro dado interessante é que indivíduos que não
praticam esportes ou atividades físicas regulares têm 43% mais chances de terem enxaqueca quando comparados com os que praticam.

E qual seria a origem da Enxaqueca segundo a Medicina Chinesa? As crises tem origem num bloqueio ou desequilíbrio energético do Fígado. Já a medicina convencional, não determina as causas da Enxaqueca, ela apenas identifica fatores que favorecem o seu aparecimento tais como o estress, fadiga, tensão, ansiedade, distúrbios emocionais, genéticos e|ou má alimentação.


Numa fase inicial, a enxaqueca manifesta-se esporadicamente em crises que podem variar entre 2 a 72 horas. Com o passar do tempo as crises surgem com maior frequência, intensidade e duração.

Causas da Enxaqueca:

 

  • Estresse emocional.

  • Desidratação. Nesse caso, recomenda-se beber pelo menos 2 litros de água por dia.

  • Problemas músculo-esqueléticos que envolvam a cervical e a ATM(articulação têmporo-mandibular).

  • Excesso de Atividade Sexual.

  • Trabalho Excessivo sem repouso adequado.

  • Variações Climáticas, devido à pressão do ar (em cerca de 50% dos casos).

  • Excesso de Atividade Física.

  • Depressão (existe um debate controverso entre os médicos e pesquisadores que acreditam que a depressão pode provocar enxaquecas e vice-versa: que é a enxaqueca que pode favorecer o desenvolvimento da depressão).

  • Problemas Emocionais sérios e mantidos por longos períodos.

  • Tabagismo.

  • Alcoolismo.

Sinais e Sintomas da Enxaqueca:


Há pessoas que sentem que terão uma crise de enxaqueca antes mesmo da dor surgir, através de avisos do organismo ou dos sintomas tradicionais da Enxaqueca.


Vejamos alguns: 

 

  • Náusea, Vômito e Diarréia

  • Aversão à luz e ao som

  • Bocejos frequentes

  • Irritabilidade 

  • Hiperemia da conjuntiva

  • Visão turva

  • Acessos de raiva

  • Tinidos e surdez

  • Gosto amargo na boca

  • Menstruações irregulares

  • Entorpecimento dos membros

  • Insônia

  • Desconforto abdominal

  • Palidez

Tratamento da Enxaqueca com a Medicina Chinesa


Na Medicina Chinesa procura a eliminação da doença e não apenas atenuar os sintomas, devolvendo ao paciente o bem estar e a qualidade de vida que tinha antes do aparecimento das crises.


Os métodos alternativos mais utilizados no tratamento da Enxaqueca e Dores de cabeça são a Acupuntura, a  Fitoterapia , Dietética e a Massagem TuiNá.


A dietética ou alimentação tem um papel determinante no tratamento da
enxaqueca, contribuindo para a eliminação de suas causas. Vejamos alguns importantes:

 

  • evitar o consumo excessivo de alimentos quentes e secos, que são

capazes de gerar o “fogo interno”, como bebidas alcoólicas e carne vermelha.

  • Uma dieta baseada em alimentos que produzam sangue são recomendados.

  • Alimentos excessivamente ácidos sobrecarregam o Fígado. Laticínios, excesso de leite ou derivados de leite, comidas com alto teor de gordura e o glúten sobrecarregam o Baço, que em longo prazo irá também afetar o funcionamento do Fígado, aumentando os sintomas da enxaqueca.

Tratamento Fitoterápico:


As plantas medicinais citadas abaixo demonstraram eficácia no tratamento das enxaquecas, no entanto, esses medicamentos naturais não devem ser considerados como a primeira escolha de tratamento, mas sim como uma alternativa ou complemento ao medicamento.

  • Café, a ser consumido como bebida. Ele pode agir positivamente sobre a enxaqueca. Mas sem excessos.

  • Chá de Hortelã

  • Chá ou Cápsulas de Matricária

  • Chá de Macela

  • Chá de Camomila.

Para finalizar, algumas dicas importantes pra quem sofre de Enxaqueca:


Conheça bem os fatores que originam a sua enxaqueca. Tenha uma agenda ou diário onde você possa anotar quando teve suas últimas enxaquecas, assim como a sua alimentação e como estava o clima naqueles dias que precederam as crises.


O consumo da vitamina B2(riboflavina) e magnésio pode ter um efeito
preventivo contra a enxaqueca.
Utilize um gorro no inverno, pois o frio pode desencadear as enxaquecas.
Quando tiver uma crise de enxaqueca, relaxe e repouse. Talvez seja necessário descansar em um quarto escuro silencioso.
O uso de bolsas de gelo e massagens leves na cabeça ajudam a aliviar a dor.

Pense bem antes de ir ao pronto-socorro durante uma crise, porque uma emergência de hospital não é um local adequado, com frequência tem muita luz e ruído (fatores de risco de enxaqueca).


E por último mas não menos importante, sendo minha área de atuação, não
poderia dizer outra frase ao terminar essa coluna, a não ser que Enxaqueca tem cura dentro da Medicina Tradicional Chinesa, e os resultados costumam ser rápidos.


Então, siga as orientações e fique livre desse desconforto. Um grande abraço.


Mahyra Mota – Fisioterapeuta e Acupunturista.