pub-9301201605593009
 
Maria Zilda Vaz.jpg
IMG-7082.JPG

ENTREVISTA MARIA ZILDA VAZ

Ensaio @hermelnara

Quem conheceu Maria Zilda Vaz quando entrou para o Clube Top Loba, deve estar espantado (a) com tanta mudança! Eu a vejo como um botão de rosa que desabrochou, tamanha é a evolução em sua imagem! Ela falou um pouco sobre isso na Coluna Guerreira de Fé, que você pode acessar clicando aqui. Um tanto insegura com sua desenvoltura como modelo, essa Top Loba Empoderada relutou para ser capa. E mesmo após me entregar esse belíssimo ensaio, ainda foi muito autocrítica ao se ver nas fotos. Mas toda essa insegurança nada tem a ver com sua maneira de agir perante a vida: Zilda não brinca em serviço, está sempre disposta a aprender, se superar e evoluir, certa de que nada a impede de alcançar seus objetivos. Conheça agora um pouco melhor nossa Top Loba da Capa, nesta entrevista exclusiva!

Angel Mancio

Entrevista Maria Zilda Vaz

 

1. Fale um pouco sobre você. Nome, idade, profissão, passatempo...

Eu me chamo Maria Zilda Vaz, tenho 54 anos de idade, sou Pedagoga pela Universidade Federal do Tocantins, Especialista em Educação Inclusiva e Orientação Educacional. Sou servidora pública no estado de Goiás como Analista de Políticas de Assistência Social na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Professora na Secretaria de Estado de Educação.
 

Me ocupo muito com meu trabalho e gosto do que faço. Também gosto de ficar sozinha, comigo, em minhas leituras e escritas soltas, sem compromisso. Tenho hábitos simples e costumo priorizar o meu bem estar, o aconchego da minha casa, do meu espaço. Também adoro passear, viajar, curtir minha família. Minhas netas me ensinam muito e sempre que podemos estamos juntas!

20210421153843_IMG_2586.jpg

2. Você já deixou algum sonho para trás?

Ahh inúmeros, eu sou muito sonhadora, sempre fui! Quando criança eu sonhava ser rica, quando jovem eu sonhava em ser uma pessoa importante, muita subjetividade, utopia, sempre tive a cabeça nas estrelas (...), risos! Hoje eu entendo que todas as pessoas são importantes, inclusive eu! Partindo dessa premissa tento ser melhor a cada dia e contribuir da melhor forma com as pessoas. Isso me realiza, me engrandece, me faz sentir rica! Continuo sim com o pensamento nas nuvens, além das estrelas e com os pés no chão, claro!

20210421154107_IMG_2595.jpg

3. Você se arrepende de algo na sua vida?

Sim. Me arrependo imensamente de ter casado tão cedo, aos 17 anos e mais ainda de ter ficado quase duas décadas em um casamento fracassado. Acho lindo pessoas que passam por experiências traumáticas e falam que fariam tudo novamente..., eu não consigo! Alegro-me em ter conseguido recomeçar, reconstruir minha vida! Gosto de poder orientar outras mulheres e homens também, a não se propor compartilhar suas vidas em relacionamentos doentios, a enxergar horizontes, enfim a mudar quando necessário!

20210421155056_IMG_2622.jpg

4. Qual foi a sua maior superação ou a maior conquista?

Considero que a minha maior superação foi ter conseguido me divorciar, no início do século XXI, quando ainda era latente a ideia de família patriarcal, principalmente em cidades do interior, eu morava numa cidade pequena onde mãe solteira ainda era muito discriminada na sociedade. Eu consegui educar meus filhos com respeito, com valores morais e com dignidade. Trabalhava até 18 horas por dia e não temia nada. A vida me proporcionou belos desafios e eu os aceitei. Sempre tive uma afinidade muito intensa com o Universo, tentando ver o lado bom das situações, seguia e ainda sigo com leveza os caminhos que nem sempre são fáceis. Aprendi a ser forte com minha mãe, meu grande exemplo de vida. Acredito que minha maior conquista é minha liberdade e a consciência de poder ser Eu mesma.

20210421160835_IMG_2629.jpg

5. Quais são seus cuidados de beleza? O que você faz para manter a autoestima em dia?

Eu me preocupo bastante com a alma. Tive um histórico de vida bem rude, uma educação rígida e durante muito tempo fui amarga, triste e feia (...), quando eu decidi mudar, tive dificuldades de vários aspectos, ainda tenho, principalmente na questão da simpatia. Assim, preciso de estudar muito para ser mais sutil nas palavras, nas expressões corporais, no comportamento e no trato com as pessoas. Esses cuidados, que são recentes, têm me ajudado a ser mais bonita e aceitável no meio social.

 

Tento ter uma estima equilibrada, para isso eu leio, pratico afirmações positivas constantemente, me admiro, me contemplo e quando necessário me reprimo para voltar ao aprimoramento pessoal. Faço atividades físicas com frequência, estou sempre visitando e me orientando com profissionais especialistas em diversas áreas, faço acompanhamento com ortomolecular para repor as perdas comuns do nosso corpo com o passar do tempo, tenho cuidados com a alimentação, faço algumas correções e procedimentos estéticos e consigo ficar bem comigo.


Eu entendo que sou resultado de um processo sócio-histórico constante, não dá para seguir um padrão de beleza preestabelecido. Levo em consideração minha idade, minha história e minhas possibilidades. O que é possível melhorar eu faço, mas não sofro com as impossibilidades. Outro ponto que acho essencial é o fato de não ter que dar satisfação a ninguém, fazer o que gosta e gostar do que faz.

20210421163305_IMG_2665.jpg

6. Como você conheceu o Movimento Top Loba e por que decidiu fazer parte?

Conheci o movimento Top Loba em um contexto de autoafirmação, eu queria encontrar mulheres que pensassem e interpretassem o universo feminino de forma parecida com a minha. Eu imaginei que outras mulheres maduras e inteligentes também tivessem momentos de fragilidade e insegurança. Estava madrugada adentro navegando na internet quando vi um post no Instagram e resolvi acessar por curiosidade mesmo. E aqui estou há quase dois anos. Resolvi participar porque encontrei a possibilidade de compartilhar vivências, de encorajar e fortalecer mais e mais mulheres. Penso que ainda não temos consciência da dimensão do poder da união, mas estamos no caminho certo!

20210421173345_IMG_2705.jpg

7. Quais foram os benefícios e mudanças que o Clube Top Loba trouxe para sua vida?

Além da interação positiva que tive, aprendi a me amar mais, a aceitar e gostar da minha imagem porque me via muito feia e não gostava de fotografar. Com as orientações nas aulas de selfie, eu assimilei algumas técnicas e melhorei bastante. Também participei do livro “Mulheres Extraordinárias” que foi uma indicação da Angel, conheci pessoas incríveis em encontros a partir do Movimento Top Loba e sempre que tem algo novo eu tento participar. Penso que fiquei mais leve, mais consciente da minha existência, da minha importância. Consigo não precisar da validação de outras pessoas, principalmente em questões comuns e simples, como ir a festas e frequentar os espaços que eu desejar, namorar se eu quiser, enfim, sou uma mulher em desconstrução de conceitos pré-estabelecidos pela sociedade.

20210421161726_IMG_2649.jpg

8. Qual conselho você daria para mulheres que se anularam e hoje estão insatisfeitas
consigo mesmas?

Acredito que o maior achado de qualquer pessoa é sua independência financeira. Eu diria que esse ponto é fundamental porque a partir daí tudo se conquista. Ninguém consegue ser livre se tiver que dar satisfação do que faz, de onde investe ou gasta. Não devemos nunca, de forma alguma, imaginar que acabou pra gente. Ter uma ocupação ou várias, se sentir útil, continuar contribuindo com o bem-estar pessoal e de outros, e não se anular enquanto mulher!

Tentar ser livre principalmente de filhos que não têm muita paciência e trato. E também não se deixar escravizar em família. Conheço mulheres que ao serem avós assumem o papel de mães novamente. É claro que amamos nossa prole, por isso o cuidado deve ser em dobro para não nos amar menos.

20210421173838_IMG_2729.jpg

9. Qual seu maior desejo daqui por diante?

Tenho alguns objetivos, quero fazer mestrado antes dos meus 60 anos. Fora isso pretendo viajar mais, quero ter mais tempo para realizar meus projetos pessoais que nunca levei a sério, como por exemplo organizar meu livro “pequenas idiossincrasias, grandes sonhos” sou uma eterna apaixonada pela vida! Preciso ter tempo para escrever tudo que não cabe mais em mim.

20210421173638_IMG_2722.jpg

10. Cite uma frase que te representa hoje.

A frase que mais me traduz é “meu futuro é presente, viver é agora!
 

Não esperar que alguém ou alguma situação te eleve, te promova. Mexa-se faça acontecer, você é capaz. O que não conseguir fazer sozinha, peça ajuda, compartilhe.


Não seja egoísta, o mundo é coletivo, afinal JUNTAS SOMOS MAIS FORTES!

20210421154627_IMG_2613.jpg
IMG-7100.jpg