pub-9301201605593009

Mariza Paiva tem 57 anos, é natural do Paraná, mas mora atualmente em Piracicaba/SP, viúva do primeiro marido, mãe de três filhos legítimos e quatro adotivos, avó de seis netos e bisavó de quatro, essa Top Loba empoderada, hoje modelo profissional, já passou por situações inimagináveis em sua vida, desde a infância à vida adulta. Ela já participou da Coluna Guerreira de Fé, e sua história completa pode ser lida, clicando aqui.

Mas agora, vocês vão conhecer um lado diferente da nossa Estrela, nesta entrevista exclusiva, com um ensaio fotográfico sensual, incrível!

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Ensaio: Erica Lopes Pereira @ericaesso

Quando você passou a se enxergar linda como é?

Na verdade, como muitas mulheres, depois dos 50 achava que já tinha passado o tempo de me arrumar, me cuidar, usar maquiagens, acessórios, enfim, eu pesava 135 kg e me achava ridícula, tinha até medo de me olhar no espelho. Então, fui levar minha bisneta para fazer um teste em uma agência de modelos e a proprietária quando me viu, falou que eu era linda que eu poderia ser uma modelo sênior plus size, na hora nem acreditei, até ri, então ela me convidou para fazer um job, fotos para uma boutique de vestidos de festa, meio nervosa aceitei, quando comecei a postar as fotos no Facebook, recebi muitas curtidas e comentários, aí acreditei que eu era realmente linda e que eu só precisava de alguns cuidados com a pele, cabelos, usar maquiagens, umas roupas bonitas, me amar me aceitar como sou, que  por ser gorda, não quer dizer que eu seja feia, hoje me acho linda e maravilhosa. Emagreci por saúde, hoje estou satisfeita com meus 90 Kg.

Como você consegue manter sua autoestima elevada?

Primeiro, porque hoje me cuido, tenho melhorado muito a pele, cabelos, uso maquiagens, acessórios, roupas bonitas, mudei radicalmente, várias pessoas me disseram que eu rejuvenesci, e agora eu me olho no espelho e amo a mulher que me tornei,  cada elogio que recebo, minha autoestima sobe, pois sei que são verdadeiros, e o que realmente importa é o que eu vejo no meu espelho: uma outra mulher muito diferente da que eu era!

Qual conselho você daria para uma mulher que vive um relacionamento abusivo e/ou sofre violência doméstica?

Que acabem com esse relacionamento o mais rápido que puderem, que denunciem, que se for preciso, esperem que seu marido saia para o trabalho, chamem a polícia, peçam medida protetiva, peçam ajuda para amigos parentes, não tenham vergonha, façam o que for, mas não continuem casadas com esse tipo de homem! 

Você se considera uma mulher empoderada, por quê?

Claro, hoje sou linda e empoderada! Sou uma mulher que não desisto dos meus sonhos e objetivos,  não espero nada cair do céu, se quero algo faço o que for necessário para conseguir, sem ter que pisar em ninguém, vou atrás do meu objetivo até conseguir, sei que tenho o poder de ser o que eu quiser, acredito no meu potencial, se passei por tudo que passei e ainda estou aqui, é porque com certeza sou empoderada e cada dia mais forte.

Quais seus planos para o futuro?

O plano que tenho para o futuro é de poder ajudar meus filhos, netos e se pudesse ajudaria famílias carentes, pessoas com doenças crônicas, etc. Não tenho ambição de ficar rica, tenho o suficiente para sobreviver com um certo conforto, não penso em mim somente, faço o que posso, queria muito poder fazer mais, infelizmente nem tudo é como a gente quer.

O que você acha que ainda deve aprender e melhorar?

Tenho que aprender ter paciência kkk. Não sei esperar nada, quando quero algo, quero pra ontem kkkk, também aprender mais sobre Internet, tenho que melhorar o meu jeito de ser, parar de acreditar em tudo e em todos.

Como você gostaria de ser reconhecida?

Gostaria muito de ser reconhecida como uma mulher que sofreu muito, passou por coisas terríveis,  deu a volta por cima, se reinventou e serviu de exemplo para muitas outras mulheres.

Como conheceu o Movimento Top Loba?

Vi no Facebook, no perfil de uma amiga, achei muito interessante mas achei que não era pra mim, depois vi um vídeo no Instagram, amei e decidi entrar em contato com Angel Mancio, idealizadora do Movimento, tomei coragem e me tornei Top Loba, acreditem, foi a melhor decisão que tomei em minha vida, depois disso, aprendi muito no Movimento, como me auto-fotografar,  a ser mais confiante, aumentar minha autoestima, como melhorar minhas redes sociais, enfim, a cada dia aprendo mais, além de que, a Angel é um anjo de mulher, só tenho a agradecer por fazer parte dessa alcatéia maravilhosa.

O que você gostaria de dizer para quem ainda não é Top Loba?

Que venham ser uma Top Loba, que venham fazer parte desse Movimento, ser mulheres cheias de conhecimentos sobre todos os assuntos que  dizem a respeito à mulheres inteligentes, lindas e empoderadas.

Clique para ler as outras matérias

IMG-8379.JPG
IMG-8377.JPG
Cris Vilhena.jpg